Sakurai se arrepende de ter surrado principiantes em KoF' 95!
O homem é viciado!

Em entrevista ao The Guardian, nosso querido Masahiro Sakurai, produtor da série Smash Bros. (Nota: e criador de Meteos para o DS, o melhor puzzle de todos os tempos! ) comentou diversas coisas.


Confira:


Sobre balancear o jogo para benefício tanto de iniciantes quanto 'profissionais':

“No fliperama havia um jogo chamado King of Fighters 95, e eu me achava muito bom.

Eu tinha uma sequência de 50 vitórias no Street Fighter 2 naquela época. Então eu estava jogando KoF uma vez - e o jeito que os fliperamas são feitos no Japão, você não pode realmente ver a pessoa contra quem você está jogando, porque vocês estão em lados opostos do gabinete."

"Eu estava me sentindo feliz comigo mesmo, porque eu estava ganhando, e acabou que era um novato com o parceiro, apenas tentando se divertir, e eu pensei, 'Caramba, eu não deveria ter forçado tanto. Agora eles nunca mais vão querer jogar de novo! '

"É vital pensar nos iniciantes experimentando um jogo pela primeira vez. ”


Image


Sobre a comunidade:

"Eu percebo que Smash se presta à interação entre os jogadores - um sentido de comunidade.

Isso é algo que eu tenho conhecimento desde a iteração inicial no N64. Eu realmente quero continuar a criar algo que jamais quebre ou destrua isso .”


Sobre se aposentar de Smash Bros:

"Eu realmente não me sinto assim! A melhor maneira de desfrutar vídeo games é jogando o que os outros programadores fizeram. Mas, ao mesmo tempo, sei que tenho um papel chave. Neste ponto, eu fui requisitado para Smash e estou aqui. E continuarei a fazê-lo."


Sobre ser viciado em games:

“Por um lado, eu jogo por causa do meu trabalho, mas, por outro lado, os jogos têm essa eterna atração. "

"É claro que volto aos jogos antigos se precisar de uma atualização, mas acho que é importante jogar os novos jogos para saber o que está por aí."

"Alguns jogos que estão saindo agora são simplesmente incríveis; eles são incríveis. "

"Mesmo para as pessoas que dizem que crescem com jogos, quando têm filhos e há um jogo que podem jogar juntos, eles retornam. "

"Não se trata de desistir ou se formar jogando; é sobre encontrar o que é agradável para você naquele momento da sua vida e tocar isso.”