Reunião de acionistas Nintendo - mais jogos a anunciar, o online, seus planos e muito mais
Durante a 78ª Assembleia Geral Anual dos Acionistas da Nintendo, foi mencionado que a gestão da empresa tem uma visão favorável da E3 2018, nessa reunião foram citados diversos temas que poderão conferir abaixo

Planos para manter a alta nas vendas do Switch

Planos para manter a alta nas vendas do Switch

Os jogos mais importantes do ano não chegarão até o Natal, então a Nintendo foi questionada na assembléia sobre como eles pretendem manter as vendas equilibradas até então. Em resposta, o ex-presidente Tatsumi Kimishima disse que a Nintendo 

"ainda não está no ponto em que pode anunciar sua linha completa de produtos, incluindo produtos que serão lançados durante a época de Natal".

Com títulos já anunciados (Smash Bros. Ultimate e Pokemon: let's go Pikachu / Eevee) a companhia está esperando manter o impulso do console?

"Fizemos o nosso melhor para estarmos prontos para compartilhar informações com os consumidores no momento apropriado. Ainda não estamos no ponto em que podemos anunciar nossa linha completa de produtos, incluindo os produtos que serão lançados durante as festas de final de ano. Nós planejamos usar jogos fortes, que incluem títulos populares que foram lançados antes do último ano fiscal, para manter e aumentar o ímpeto que temos com a Nintendo Switch para a temporada de festas, que é o período mais significativo para as vendas. Vamos comunicar informações mais detalhadas aos consumidores em uma data posterior".

Nintendo vai compartilhar mais detalhes sobre o Nintendo Switch Online antes de lançar em setembro

Nintendo vai compartilhar mais detalhes sobre o Nintendo Switch Online antes de lançar em setembro

Nintendo Switch Online será lançado em setembro. Os principais aspectos do serviço já foram detalhados, incluindo acesso a jogos on-line, jogos clássicos, 'saves' na nuvem e ofertas especiais, embora ainda faltam alguns dados desconhecidos .

Antes do lançamento do Nintendo Switch Online, a Nintendo irá partilhar mais informações?

"um pouco mais de informação... Devemos ser capazes de oferecer um pouco mais de informações ao nos aproximarmos do lançamento oficial em setembro. Nosso objetivo é fornecer aos consumidores várias maneiras de jogar e a possibilidade de usar o sistema de maneira mais conveniente. Terei que pedir paciência até estarmos prontos para discutir quaisquer detalhes adicionais"

Nintendo tem como objetivo que o Switch receba de vinte a trinta títulos indie toda semana

Nintendo tem como objetivo que o Switch receba de vinte a trinta títulos indie toda semana

Takahashi comentou:

 "alguns indies já ultrapassam um milhão de unidades vendidas no Switch e a Nintendo está protendendo lançar média de 20 a 30 jogos independentes no console (toda semana no futuro)".

Kimishima acrescentou: 

"eles estão atualmente trabalhando para alcançar os 1.500 títulos desenvolvidos para as plataformas da Nintendo usando o Unity ".

Nintendo quer construir um novo eixo em seus negócios como proprietário de IP

Nintendo quer construir um novo eixo em seus negócios como proprietário de IP

um investidor perguntou sobre o lançamento de bandas sonoras oficiais e o uso do PI da empresa. Na resposta da empresa, poderíamos saber alguns detalhes interessantes sobre isso.

O diretor / gerente Shinya Takahashi ofereceu algumas declarações interessantes sobre a abordagem do Big N em relação a este tópico:

"Sob a nossa política de fazer uso mais ativo de IP, incluindo a música de jogos, estamos discutindo uma variedade de desenvolvimentos. No entanto, não podemos disponibilizar todo o conteúdo devido a vários fatores e circunstâncias. Espero que você entenda que é difícil explicar nesta ocasião o que podemos e não podemos fazer".

Além de Takahashi, Shigeru Miyamoto , o lendário criativo da Nintendo, também compartilhou o seguinte:

"A Nintendo deu uma nova olhada no conteúdo que temos, especialmente porque os videogames se tornaram mais amplamente disponíveis para serem reproduzidos em dispositivos inteligentes. A música do jogo é um dos pilares do nosso conteúdo, por isso lançamos no iTunes algumas músicas do Super Mario Odyssey, por exemplo, para que todos possam ouvi-las.

Quanto ao tema da animação, que você mencionou, estamos atualmente produzindo um filme com a Illumination, o estúdio por trás de The Minions, Gru: Meu vilão favorito, Sing and Pets. O produtor deste projeto (Chris Meledandri) e eu estamos em contato. À medida que continuamos nossas conversas, percebi que nossas empresas são muito semelhantes na forma como pensamos e criamos, por isso concordamos em criar um filme de animação que usa Mario. Em relação ao uso futuro de IPs, em vez de simplesmente licenciar nosso IP para outros, estamos trabalhando em várias iniciativas para possuir conteúdo, assim como estamos fazendo com essa produção em forma de filme, e expandindo o uso de nossos produtos. IP para construir um novo eixo do nosso negócio. Espero que você continue atento a essas iniciativas.

Nintendo discute as diferentes maneiras de usar suas IP's no Super Nintendo World

Nintendo discute as diferentes maneiras de usar suas IP's no Super Nintendo World

Kimishima: Isso faz parte da nossa iniciativa de expandir a população que tem acesso ao Nintendo IP, e atrair um número crescente de consumidores para o nosso hardware e software integrados no negócio de videogame com foco no software.

Miyamoto: O nosso plano para o negócio de parques temáticos é começar por abrir a nossa área do Super Nintendo World dentro da Universal Studios Japan antes dos Jogos Olímpicos de Tóquio, e depois expandir para a Universal Studios em Hollywood e Orlando.

Propor ideias como essa no campo mais amplo do entretenimento é parte do que torna a Nintendo única, e acredito que gerar valor é uma diretiva da empresa para a Nintendo. Anteriormente foi levantada a questão se pretendemos tornar-se um tipo de organização aglomerado gigantesco para o lucro, mas prefere aumentar os lucros como resultado de desafiar-nos continuamente para gerar novos valores ao invés de investir capital para expandir o nosso negócio. Licenciamos a Nintendo IP e estamos trabalhando em conjunto com a Universal Parks & Resorts e a Universal Studios Japan neste projeto colaborativo. Também estamos discutindo uma variedade de outros desenvolvimentos que fariam uso ativo do nosso IP.

Para resolver as preocupações por trás dessa questão, acho que podemos esperar ver sinergias. Muitas pessoas que são mães e pais hoje são de uma geração que cresceu jogando Super Mario, e agora eles estão jogando produtos como o Nintendo Labo junto com seus próprios filhos. Existem muitas famílias assim, não só no Japão, mas também em todo o mundo. Quando essas famílias visitam esses parques temáticos para conhecer os mundos da Nintendo, que foram cuidadosamente projetados e interagem com nossos personagens, acho que podemos esperar ver essa sinergia com nosso negócio dedicado a plataformas de videogame.

A Nintendo está "disposta a fazer tudo o que puder" para ajudar outros editores com cross-play

A Nintendo está "disposta a fazer tudo o que puder" para ajudar outros editores com cross-play

Tanaka mencionou:

 "a Nintendo está disposta a fazer o que puderem para ajudar os editores a incorporar o cross-play quando quiserem".

Kimishima:

"Eu terei que me abster de comentar diretamente sobre o cross-play em Fortnite e Minecraft, porque esses não são títulos da Nintendo. Mas vou dizer que a nossa maneira fundamental de pensar em oferecer títulos da Nintendo em outras plataformas permanece inalterada".

Tanaka:

"O jogo transversal basicamente surge das conversas entre os editores e os detentores da plataforma. Estamos inclinados a fazer o que pudermos para ajudar os editores a incorporar o cross-play quando é isso que eles querem. As outras partes envolvidas também devem dizer se podemos alcançar este resultado ou não, então continuaremos a conversar com eles".