E pretende fazer mais do que simples adaptações.

Em entrevista a IGN, Reggie Fils-Aime, disse que as equipes de desenvolvimento gostariam de levar mais jogos de Wii U para Switch, como foi com Mario Kart 8 Deluxe e Pokken Tournament DX, e acrescenta que não será um mero port, adicionando novos conteúdos para assim alegrar seu publico.

Ele afirma o seguinte

"As conversas internas que temos é que, por um lado, as equipes de desenvolvimento gostariam de mostrar os seus conteúdos a mais pessoas. O que também é tema de discussão é o que é que se pode fazer mais ali?' Ou seja, tememos como exemplo Mario Kart 8 Deluxe. Precisava ser uma versão definitiva desse software para entusiasmar os consumidores. Pokkén Tournament com os lutadores adicionais, os Pokémon adicionais, esse era um elemento importante do jogo,".

Reggie diz que a Nintendo não quer lançar ports simples, para não lançar tudo de uma só vez, eles pretendem deixar os jogos mais originais como forma de entusiasmar os jogadores com esses jogos.

"Trata-de de 'Como podemos fazer algo mais? Como podemos fazer algo útil? Como usamos uma franquia e fazemos com que ela seja vibrante e que alcance mais pessoas?' Esse é o foco. Por isso quando ver algo como Metroid: Samus Returns, não é um simples remake. Adicionamos mais, adicionamos elementos para expandir a franquia Metroid e para torná-la mais acessível e vibrante. É desta forma que pensamos sobre as nossas diferentes franquias,"