Afirma produtora

A produtora Tomoko Hiroki disse ao Gameblog que gostaria de trazer o novo game para Switch, e não seria um problema de poder, mas sim de quanta demanda o jogo terá no console, pois como Xenoverse 2 irá lançar para ele, poderiam fazer a mesma coisa com o Fighter Z

Confira a suas declarações:

"Eu não sei quem disse isso [que o Switch não é capaz de rodar Dragon Ball FighterZ], mas não é questão de poder",

"Não tivemos problemas com a versão de Xenoverse 2 para Switch. diria que se recebermos muitos pedidos de fãs, vamos dar um jeito de criar uma versão para Switch também, talvez não saia na mesma data que as outras plataformas, seja lá o que formos fazer".