Durante a conversa, se falou sobre o porquê de Metroid II ter sido refeito e sobre trazer de volta a jogabilidade 2D. Sakamoto também esclareceu a história de Samus ter sido revelado como mulher no fim do Metroid original.

O site Game Informer conversou com dois desenvolvedores de Metroid: Samus Returns durante a E3 2017. Confira o que disseram o produtor da Nintendo, Yoshio Sakamoto e José Luis Márquez da Mercury Steam.

Sobre a decisão de fazer um remake de Metroid II:

Sakamato: Metroid II nunca foi refeito ou revisitado até hoje e há muitas coisas interessantes e especiais sobre ele, então pensamos que seria ótimo recriá-las. Também achamos que existem muitas pessoas que querem jogá-lo e queremos dar essa chance a elas.

Metroid II possui algo que é muito importante para a franquia porque é neste episódio onde Samus encontra o baby Metroid pela primeira vez. Quisemos recriar esse ponto crucial da história de Metroid. É claro, Metroid II é um pouco velho, e com o avanço tecnológico que tivemos, pensamos no tanto de coisas novas que podíamos trazer para dar uma pincelada nesse trabalho e adicionar algumas coisas bem divertidas. Combinado com as outras coisas que eu disse, houve muita energia por trás do desenvolvimento desse jogo.

Sobre quanto tempo a Nintendo sabia que o game iria sair:

Sakamoto: Claro que sabíamos que havia um monte de gente clamando por outro Metroid 2D. Durante o desenvolvimento a gente pensava: "Cara, seria incrível que todo mundo soubesse o que estamos produzindo e fazer o dia deles mais feliz" - mas isso cabe a parte business de saber quando é a melhor hora para anunciar e eu trabalho apenas com o desenvolvimento.

Se esse é o mesmo time de desenvolvimento de Castlevania: Lords of Shadows - Mirror of Fate:

Márquez: Sim. A equipe principal é a mesma que compôs o Mirror of Fate.

Sobre o que Sakamato está mais empolgado em trazer de volta:

Sakamato: Pra mim, o gameplay do Metroid 2D é o gameplay original da série, então trazer isso de volta é o mais excitante. E esse tipo de experiência você só pode ter com um jogo do Metroid em 2D. Como alguém que queria fazer outro Metroid 2D por um tempo, ter finalmente a chance de trabalhar nesse projeto foi uma experiência gratificante pra mim. Foi muito legal ter finalmente sido anunciado. Foi um dia muito feliz pra mim! E claro, somos sortudos o bastante por trabalhar com um desenvolvedor da MercurySteam e finalmente revelar ao público.

Se podemos esperar um Metroid assustador com Samus Returns:

Sakamoto: Sim, claro que teremos o selo da MercurySteam nesse título, desde quando eles fizeram todo esse trabalho, mas não sei se houve um esforço consciente para fazer um jogo sombrio ou assustador de Metroid até onde eu sei, mas você devia perguntar ao José o que ele pensa.

Márquez: Se sim, talvez tenha sido inconsciente, porque somos fãs dessas coisas.

Sobre a decisão de Samus ser uma mulher e ter sido revelado isso só no final de Metroid:

Sakamato: Éramos a maioria sobre ir pelo caminho do título e pensamos que seria divertido dar um presente ao player saber um pouco sobre quem está por dentro da armadura. Então, o que poderíamos fazer para deixar isso mais interessante para o jogador? E alguém na equipe sugeriu: "Bem, e se a pessoa dentro da armadura fosse uma mulher?" - e todos falamos: "Sabe de uma coisa? É uma ótima ideia!"

Fonte: Nintendo Everything